Orçamento de Digitalização de Desenhos e Documentos

Se está interessado em valores para a digitalização de acervos de desenhos e Digitalização de Documentos em mapotecas ou em memórias de cálculo, os primeiros passos para o orçamento descrevemos abaixo.
Para a entrada de informações sobre os originais:
  •  Todos os originais estão realmente em formato A1 (841x594mm)
  •  Senão em formatos A1 (ABNT – 841 x 594mm) em quais formatos estão?
  •  Qual a mídia dos formatos ( vegetal, cópias )
  •  Qual a disciplina da engenharia para os desenhos constantes nos formatos ( civil, arquitetura, topografia, cadastro, semi-cadastro, talhões )
  • Os originais estão em mapoteca vertical com aparas ou em mapoteca horizontal ;
  • Se em aparas de pendurar, estão grampeadas ou coladas
  • Se em aparas coladas, estas são de plástico ou papel ? Podem ser retiradas ?
  • Haverá necessidade de recolocar as aparas de pendurar
  • Há um número de originais em mídias ( papéis ) sépia de heliografia editada, raspada e redesenhada em nanquim ou lápis ;

Para saída dos originais como produto de escaneio:

  • Haverá necessidade de “limpeza” total do documentos ;
  • Haverá necessidade de entrega de todos os documentos com imagens retas na tela. Esta operação coloca o documento em posição de leitura a partir de uma linha base no arquivo;
  • Haverá necessidade de se fazer “crop” em todos os documentos. – Cortar a imagem em áreas de interesse apenas. Esta operação coloca somente a área útil do documento em gravação perpétua retirando todas as áreas fora da linha de corte do documento;
  • É necessário a indexação em software ou planilha ? 
  • Qual o nível de indexação do documento ?
  • Quantos níveis hierárquicos são necessários para cada documento ?
  • As informações para indexação estão todas no documento ou será apresentada em lista adicional para consulta;

Para questões operacionais :

  • Todos os originais serão liberados de uma só vez ?
  •  Poderá ser retirado apenas o volume de desenhos ou somente com os armários, mapotecas e etc.;
  • O trabalho poderá ser entregue quando pronto ou haverá necessidade de entregas parciais ?
  • Os documentos são consultados regularmente? 
  • Em que período ou são “arquivo morto” ?
    
Com estas informações conseguimos fazer uma estimativa sem visitação de custos iniciais para orçamento ou para colocação em planejamentos anuais de empresas e governo.
 
Peça um orçamento ! Clique aqui.
Seu escritório, empresa ou departamento tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?
  
Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!
  
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro

Orçamento de Digitalização de Desenhos e Documentos

Se está interessado em valores para a digitalização de acervos de desenhos em mapotecas ou em memórias de cálculo, os primeiros passos para o orçamento descrevemos abaixo.
Para a entrada de informações sobre os originais:
  •  Todos os originais estão realmente em formato A1 (841x594mm)
  •  Senão em formatos A1 (ABNT – 841 x 594mm) em quais formatos estão?
  •  Qual a mídia dos formatos ( vegetal, cópias )
  •  Qual a disciplina da engenharia para os desenhos constantes nos formatos ( civil, arquitetura, topografia, cadastro, semi-cadastro, talhões )
  • Os originais estão em mapoteca vertical com aparas ou em mapoteca horizontal ;
  • Se em aparas de pendurar, estão grampeadas ou coladas
  • Se em aparas coladas, estas são de plástico ou papel ? Podem ser retiradas ?
  • Haverá necessidade de recolocar as aparas de pendurar
  • Há um número de originais em mídias ( papéis ) sépia de heliografia editada, raspada e redesenhada em nanquim ou lápis ;

Para saída dos originais como produto de escaneio:

  • Haverá necessidade de “limpeza” total do documentos ;
  • Haverá necessidade de entrega de todos os documentos com imagens retas na tela. Esta operação coloca o documento em posição de leitura a partir de uma linha base no arquivo;
  • Haverá necessidade de se fazer “crop” em todos os documentos. – Cortar a imagem em áreas de interesse apenas. Esta operação coloca somente a área útil do documento em gravação perpétua retirando todas as áreas fora da linha de corte do documento;
  • É necessário a indexação em software ou planilha ? 
  • Qual o nível de indexação do documento ?
  • Quantos níveis hierárquicos são necessários para cada documento ?
  • As informações para indexação estão todas no documento ou será apresentada em lista adicional para consulta;

Para questões operacionais :

  • Todos os originais serão liberados de uma só vez ?
  •  Poderá ser retirado apenas o volume de desenhos ou somente com os armários, mapotecas e etc.;
  • O trabalho poderá ser entregue quando pronto ou haverá necessidade de entregas parciais ?
  • Os documentos são consultados regularmente? 
  • Em que período ou são “arquivo morto” ?
    
Com estas informações conseguimos fazer uma estimativa sem visitação de custos iniciais para orçamento ou para colocação em planejamentos anuais de empresas e governo.
 
Peça um orçamento ! Clique aqui.
Seu escritório, empresa ou departamento tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?
  
Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!
  

Quer saber mais?

Consulte nossas páginas sobre Digitalização de Documentos e vetorização e tire suas dúvidas.

para maiores informações e orçamento de digitalização

Ligue:

(31) 3291-9600 Atendimento Nacional em Digitalização
(11) 3301-5484 Digitalização de Documentos São Paulo
(21) 3002-0272 Digitalização de Documentos Rio de Janeiro

ou use nosso formulário para contatos

Digitalização de Documentos Antigos e Delicados

O centenário de Raffaello Berti, comemorado em 15 de Abril de 2.000 contou com o lançamento do livro RAFFAELLO BERTI : PROJETO MEMÓRIA que reúne parte do acervo dos trabalhos do arquiteto e conta um  pouco de sua história e projetos. 
   
Raffaello Berti é autor de mais de quinhentos projetos arquitetônicos no Brasil e principalmente no estado de Minas Gerais. 
.

 
.
A iniciativa de resgatar para a posteridade a memória de Berti partiu de seu filho. O arquiteto Mario Berti estruturou o trabalho de documentação da obra completa do pai, mas não o concluiu  falecendo antes do término.

Os trabalhos tiveram sequência com sua esposa a jurista Silma Mendes Berti, professora de Direito Civil.

A Professora Silma contou com assessoria da arquiteta Maria Alice de Barros Marques Fonseca e com a participação dos arquitetos Silvio Podestá, da AP Cultural e Jomar Bragança de Matos da DPI – ex-alunos dos professores Raffaello e Mario Berti – e da equipe da AJS.
 
Dentre os mais de 525 projetos e 3000 plantas, a equipe da AJS selecionou os documentos a serem digitalizados e utilizando equipamentos de várias marcas e modelos, elaborou um trabalho que possibilitou a boa qualidade da edição do livro, com a entrega dos documentos de projeto em arquivos a resolução de 200 pontos por polegada em extensão TIFF, além das aquarelas e fotos coloridas da coleção de Berti a resolução de 300 pontos por polegada.
 
No trabalho os scanners de rolo foram utilizados para os desenhos e projetos em bom estado e em papel vegetal. O equipamento da móvel foi utilizado para muitos documentos que não podiam passar pelo scanner rotativo. O scanner montado sobre uma mesa passa pelo documento sem danificá-lo possibilitando a guarda do mesmo integro e sua divulgação e recuperação por meio digital.
 
Todos os projetos e plantas foram digitalizados em “tons de cinza” para permitir ao leitor a visualização de cada detalhe de dobras, manchas, carimbos de órgãos na época de cada projeto, tonalidades e a identidade  visual de cada desenho. Em sua maioria os desenhos não tinham padrões e medidas ABNT.

Consulte-nos sobre digitalizações a cores em grandes formatos.
   
Seu escritório, empresa ou departamento ainda tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?

  
Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!
  
 
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro

Digitalização de Documentos Antigos e Delicados

O centenário de Raffaello Berti, comemorado em 15 de Abril de 2.000 contou com o lançamento do livro RAFFAELLO BERTI : PROJETO MEMÓRIA que reúne parte do acervo dos trabalhos do arquiteto e conta um  pouco de sua história e projetos. 
   
Raffaello Berti é autor de mais de quinhentos projetos arquitetônicos no Brasil e principalmente no estado de Minas Gerais. 
.

 
.
A iniciativa de resgatar para a posteridade a memória de Berti partiu de seu filho. O arquiteto Mario Berti estruturou o trabalho de documentação da obra completa do pai, mas não o concluiu  falecendo antes do término.

Os trabalhos tiveram sequência com sua esposa a jurista Silma Mendes Berti, professora de Direito Civil.

A Professora Silma contou com assessoria da arquiteta Maria Alice de Barros Marques Fonseca e com a participação dos arquitetos Silvio Podestá, da AP Cultural e Jomar Bragança de Matos da DPI – ex-alunos dos professores Raffaello e Mario Berti – e da equipe da AJS.
 
Dentre os mais de 525 projetos e 3000 plantas, a equipe da AJS selecionou os documentos a serem digitalizados e utilizando equipamentos de várias marcas e modelos, elaborou um trabalho que possibilitou a boa qualidade da edição do livro, com a entrega dos documentos de projeto em arquivos a resolução de 200 pontos por polegada em extensão TIFF, além das aquarelas e fotos coloridas da coleção de Berti a resolução de 300 pontos por polegada.
 

No trabalho os scanners de rolo foram utilizados para os desenhos e projetos em bom estado e em papel vegetal. O equipamento da móvel foi utilizado para muitos documentos que não podiam passar pelo scanner rotativo. O scanner montado sobre uma mesa passa pelo documento sem danificá-lo possibilitando a guarda do mesmo integro e sua divulgação e recuperação por meio digital.
 
Todos os projetos e plantas foram digitalizados em “tons de cinza” para permitir ao leitor a visualização de cada detalhe de dobras, manchas, carimbos de órgãos na época de cada projeto, tonalidades e a identidade  visual de cada desenho. Em sua maioria os desenhos não tinham padrões e medidas ABNT.

Consulte-nos sobre digitalizações a cores em grandes formatos.

Seu escritório, empresa ou departamento ainda tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?

Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!

Quer saber mais?

Consulte nossas páginas sobre Digitalização de Documentos e vetorização e tire suas dúvidas.

para maiores informações e orçamento de digitalização

Ligue:

(31) 3291-9600 Atendimento Nacional em Digitalização
(11) 3301-5484 Digitalização de Documentos São Paulo
(21) 3002-0272 Digitalização de Documentos Rio de Janeiro

ou use nosso formulário para contatos