Formatos ABNT – A0, A1, A2, A3 e A4

Você tem dúvidas sobre o que é um desenho técnico, formatos, margens, dobras, cópias e dimensões padronizadas ? Veja abaixo de maneira suscinta o que cada um significa.

A norma da ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10068/87: Folha de desenho – Leiaute e Dimensões. Rio de Janeiro, 1987, informa que as dimensões em milímetros de formatos para a apresentação de desenhos técnicos impressos e copiados são:
Repetindo em texto maior e mais claro as dimensões em milímetros dos formatos :
FORMATO AO – 1189 x 841
FORMATO A1 – 841 X 594
FORMATO A2 – 594 X 420
FORMATO A3 – 420 X 297
FORMATO A4 – 297 X 210
A norma da ABNT (NBR 13142 – DOBRAMENTO DE CÓPIA) recomenda procedimentos para facilitar que as cópias técnicas sejam dobradas de forma que fiquem com dimensões, após dobradas, similares as dimensões de folhas tamanho A4.

Esta padronização facilita para arquivamento e armazenamento das impressões e cópias quando também no Brasil os relatórios em sua maioria são impressos em formatos A4.
  

Fonte, imagens e figuras : AJS e ABNT  ;

Se tiver curiosidade em desenhos técnicos e normatização de desenhos técnicos consulte:
NBR 6492: Representação de projetos de arquitetura. Rio de Janeiro, 1994.

NBR 10068/87: Folha de desenho – leiaute e dimensões. Rio de Janeiro, 1987.
NBR 13142/99: Dobramento e cópia. Rio de Janeiro, 1999.
NBR 08196 NB 806: Desenho tecnico – Emprego de escalas. Rio de Janeiro, 1999.
NBR 10647: Desenho técnico (terminologia) . Rio de Janeiro, 1989.
NBR 10067: Princípios gerais em desenho técnico. Rio de Janeiro, 1995
NBR 10126: Cotagem em desenho técnico .Rio de Janeiro,1987
NBR 6158: Sistema de tolerância e ajustes . Rio de Janeiro, 1995
NBR 8402: Execução de caracter de escrita em desenho técnico .Rio de Janeiro, 1994.
NBR 8403: Aplicação de linhas em desenhos – Tipos de linhas .Rio de Janeiro, 1984.

 
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro

O que é um Pixel ?

O pixel é o menor ponto de uma imagem seja arquivo ou dispositivo de exibição como um monitor e telas. É a menor unidade em uma imagem digital.

 

Está no pixel também o tamanho da unidade de medida da resolução em dots per inch (dpi) ou pontos por polegada. Se o arquivo tem resolução de 300 pontos por polegada ( ppp )  então teremos :
1 polegada = 25,4 milímetros
Resolução = 300 pontos por polegada (dpi ) ou ppp
tamanho do pixel =  25,4 / 300 = 0,084 milimetros
Ao pixel também pode-se atribuir uma cor. Na imagem acima cada pixel ou tem a cor branca ( vazio ) ou preta. 

Os melhores preços para Impressoras Plotter, Suprimentos para Plotter, Cartuchos de Tinta

Os melhores preços para Impressoras Plotter, Suprimentos para Plotter, Cartuchos de Tinta

 
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro

Digitalização Preto e Branco – P&B – Binário

Digitalização de Documentos em Preto & Branco – P&B é o primeiro estágio na conversão de mapotecas de desenhos e projetos em arquivos eletrônicos.
   
Pode também ser o último estágio dependendo da utilização que o arquivo terá.
    
Digitalizações de desenhos em P&B são o meio mais simples e barato de converter qualquer documento.
   
A AJS recomenda esta solução como solução final para armazenamento de originais que serão visualizados e impressos mas raramente alterados.
   
Digitalizações de Documentos e Desenhos em P&B podem ser aplicados em desenhos de engenharia, textos, microfilmes e em qualquer original de uma cor.
  
Também podem ser digitalizados fotos em preto de branco, desenhos em escala de cinzas e até fotos coloridas ressaltando que a qualidade será drasticamente reduzida.

Depois de digitalizados, os arquivos podem ser utilizados como modelos para conversão em outros formatos a partir de OCR ou vetorização para documentos texto ou até mesmo formatos CAD que podem ser gerados a partir dos originais.

       
A AJS recomenda esta solução como primeiro estágio em grandes projetos de conversão de documentos uma vez que o custo da digitalização será totalmente recuperado em futuros serviços de conversão.

 
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro

Canetas Nanquim – Desenho Técnico

As canetas nanquim foram os instrumentos mais populares no desenho técnico e com elas em várias espessuras se representavam as linhas dos desenhos caracterizando importância em limites, formas e indicações.
 
As espessuras indicavam profundidades, limites de formas, representações de armações, vigas e cotas dentre outras representações indicativas ou geométricas.
 
Veja abaixo o estojo que normalmente eram comercializadas :
   

 

 

No estojo continham nove canetas de nove espessuras…
    

 


…. e cada espessura se dedicava também ao cumprimento das normas técnicas de indicações conforme citado acima!

 
Seu escritório, empresa ou departamento tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?
Os melhores preços para Impressoras Plotter, Suprimentos para Plotter, Cartuchos de Tinta

Os melhores preços para Impressoras Plotter, Suprimentos para Plotter, Cartuchos de Tinta

Trabalhe com quem entende !!
  
Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!
  
Para maiores informações e orçamento de digitalização :

 

Ligue:
  (31) 3291-9600
Minas Gerais
  (11) 3301-5484
São Paulo
  (21) 3002-0272
Rio de Janeiro