Digitalização de Projetos – Conceitos e Unidades

Quando documentos, textos ou desenhos, são convertidos em arquivos eletrônicos, existem 2 tipos de formatos finais : RASTER ou VETOR.
   
Uma boa compreensão destes tipos de arquivos é muito importante quando falamos em digitalização de documentos.
  
RASTER ou DIGITALIZAÇÃO

  
Uma imagem digitalizada é formada por uma série de pontos, chamados “Pixels” organizados em linhas e colunas.
 
Um scanner captura uma imagem atribuindo uma linha, uma coluna e um valor de cor ( branco e preto, escala de cinza ou cor ) a cada ponto. Como uma imagem digitalizada é criada por uma série de pontos independentes, é essencialmente um arquivo “burro”, uma “fotografia” do documento.
  
Um outro conceito associado a Digitalização de Documentos é a RESOLUÇÃO.
  
O padrão internacional para se medir o grau de perfeição de uma imagem digitalizada é dizer com quantos pontos-por-polegada (em Inglês dots-per-inch ou DPI) a imagem foi gerada. Desenhos de projetos geralmente são digitalizados com resoluções entre 200 e 500 DPI (dots per inch). Este número refere-se a quantos pontos existem em uma polegada do desenho em ambas as direções.
  
Isto significa que uma digitalização documentos de 300 DPI tem 90.000 pontos (ou pixels) por polegada quadrada.
  
Os clientes da AJS são sempre alertados que altas RESOLUÇÕES gerarão desenhos com alta qualidade, entretanto também gerarão arquivos maiores de espaço em disco.
  
Aumentando a resolução de 200 DPI para 300 DPI aumentará o tamanho do arquivo não em 50% mas em 125 %, de 40.000 para 90.000 pontos (ou pixels) por polegada quadrada.

  
A cor também influencia diretamente no tamanho do arquivo. Arquivos em tons de cinza são maiores que branco e preto, para uma mesma resolução.
    
Arquivos em cores são maiores ainda.

A AJS, sendo uma Empresa de Digitalização de Documentos com quase 17 anos de experiência, utiliza uma variedade de scanners para atender as necessidades de nossos clientes.
     
Estes equipamentos podem digitalizar diferentes tipos de mídias incluindo vegetais, sulfites, velum, heliográficas e fotografias em grandes formatos.

     
Nossos scanners de grande formato COLORIDOS podem digitalizar originais até 21,5 cm por 35 cm (8,5″ x 14″) em uma resolução de até 400 DPI (real) e 1600 DPI (interpolado).
   
Nossos scanners de grande formato, P&B e tons de cinza, podem digitalizar originais de 107 cm (42″) de largura por qualquer comprimento até uma resolução de 400 DPI.
   
Consulte-nos sobre digitalizações a cores em grande formato incluindo separação de cores por layers.
   
Seu escritório, empresa ou departamento ainda tem desenhos soltos e mapotecas, memórias de cálculo ? Precisa fazer projetos a partir de originais em papel ou vegetal?
  
Precisa georreferenciar e vetorizar mapas ou temas ! Digitalize HOJE !!!
  
Consulte-nos agora – Ligue 31 3301 5484 ou 31 3291 9600.

Digitalização em Tons de Cinza

Digitalização de documentos em tons de cinza é ideal para fotografias aéreas, mapas e ortofocartas que já foram reveladas em preto e branco em sua época.

O arquivo gerado terá informações das cores convertidas para as tonalidades da cor cinza e assim gravados em cada pixel.

  
Também podem ser digitalizados fotos em preto de branco, desenhos em escala de cinzas e até mapas coloridos ressaltando que a qualidade de apresentação será  reduzida comparada a digitalização em cores.

Depois de digitalizados, os arquivos podem ser utilizados para análises do espectro, georreferenciamentos e interpretações além de vetorização.

Há grande acervo de mapas em imagens por tons de cinza que foram escaneados há mais de quinze anos. Nesta época os scanners coloridos ainda eram de raro acesso pois não tinham um valor acessível.
   

A AJS recomenda esta solução como primeiro estágio em grandes projetos de conversão de documentos uma vez que o custo da digitalização será totalmente recuperado em futuros serviços de conversão.

O que é um Pixel ?

O pixel é o menor ponto de uma imagem seja arquivo ou dispositivo de exibição como um monitor e telas. É a menor unidade em uma imagem digital.

 

Está no pixel também o tamanho da unidade de medida da resolução em dots per inch (dpi) ou pontos por polegada. Se o arquivo tem resolução de 300 pontos por polegada ( ppp )  então teremos :
1 polegada = 25,4 milímetros
Resolução = 300 pontos por polegada (dpi ) ou ppp
tamanho do pixel =  25,4 / 300 = 0,084 milimetros
Ao pixel também pode-se atribuir uma cor. Na imagem acima cada pixel ou tem a cor branca ( vazio ) ou preta

Quer saber mais?

Consulte nossas páginas sobre Digitalização de Documentos e vetorização e tire suas dúvidas.

para maiores informações e orçamento de digitalização

Ligue:

(31) 3291-9600 Atendimento Nacional em Digitalização
(11) 3301-5484 Digitalização de Documentos São Paulo
(21) 3002-0272 Digitalização de Documentos Rio de Janeiro

ou use nosso formulário para contatos

O que é Vetorização ?

Quando documentos, textos ou desenhos, são convertidos em arquivos eletrônicos, existem dois tipos de formatos finais: RASTER ou VETORIAIS.
   
Arquivos digitalizados ( imagens raster ) são constituídos de pontos individuais chamados de pixels que são dispostos e coloridos de maneiras diferentes para formar um padrão.
   
Ao aproximar a imagem na tela será possível ver os quadrados individuais que formam a imagem total. O aumento do tamanho de uma imagem digitalizada ( esticar/ampliar o desenho ) tem efeito de um aumento de pixels individuais, o que faz com que linhas e formas se apresentem serrilhadas. 
   
Arquivos VETORIAIS são constituídos por VETORES. Vetores são entidades definidas matematicamente como uma série de pontos coordenados unidos por linhas.
  
Em cada ponto ou extremidade uma coordenada “x” e ” y” e em algumas vezes a coordenada “z”.
Cada vetor é uma entidade independente com propriedades como cor, forma, contorno, tamanho e posição na tela incluídas na sua definição.

Cada vetor é uma entidade independente e é possível mover e alterar suas propriedades repetidas vezes mantendo a sua nitidez e resolução originais não afetando os demais componentes do desenho no mesmo arquivo e arquivos referenciados.
  
Essas características fazem com que os programas de edição baseados em vetores sejam ideais para ilustração, modelagem 3D e desenhos de engenharia onde processos de layout exigem freqüentemente a criação e manipulação de objetos individuais.
  
Inicialmente, todos os arquivos digitalizados são uma imagem, uma foto.
VETORIZAÇÃO é o processo de conversão de arquivos digitalizados em arquivos vetoriais.
As linhas, elipses, retângulos, textos, curvas de nível e outras informações contidas em uma imagem ( digitalização ) são convertidas em entidades matemáticas que podem ser entendidas por um software de CAD.